Com a expansão do mercado imobiliário nos últimos anos, o setor condominial tem demonstrado um enorme crescimento. Em decorrência desse desenvolvimento, é válido ressaltar a importância de se ter um condomínio administrado de forma eficaz, atendendo todosos requisitos necessários para sua funcionalidade, inclusive os legais. 

Presume-se que, administrar condomínios é similar a gerir uma empresa, devendo ser dada a máxima atenção, consiste no ato de conduzir todos os fatores imprescindíveis para que o espaço continue funcionando, como administrar finanças, análise dos contratos, gerenciamento de custos, vistorias, dentre outras responsabilidades, por estes motivos, se faz necessário atenção em todos os setores para que tudo permaneça enquadrado nos parâmetros legais.

Consequentemente, alguns infortúnios podem se tornar periódicos durante a gestão condominial, sendo absolutamente perceptível a importância de se contratar um escritório de advocacia para sanar essas intercorrências de forma eficaz, demonstrando que o advogado efetua um papel de importância em relação a cobrança de débitos condominiais, na gestão de contratos com terceiros, em assembleias e elaboração de atas.

A inadimplência como todos sabem, suscita graves problemas nas finanças do condomínio, como forma de resolver essa situação, o advogado pode intermediar a situação com o intuito de resolvê-la de duas formas: extrajudicialmente, onde se realiza a cobrança administrativa: convocando o condômino, negociando uma forma adequada para o pagamento da obrigação, ou resolverá junto ao judiciário propondo a ação necessária, sendo viável também ocorrer execuções judiciais de taxas condominiais em atraso, conforme estabelecido por lei e normas condominiais sem causar constrangimento ilegal e problemas futuros.

Ademais, por meio da assistência jurídica, pode-se obter a redução de passivo, visando a realização de acordos extrajudiciais com o intuito de abrandar a quantidade de processos movidos pelo condomínio e também contra o mesmo, obtendo uma maior celeridade na resolução de conflitos.

Assim como, além desta atuação na cobrança de débitos condominiais, é fundamental a presença da assessoria jurídica também na elaboração e análise contratual de prestadores de serviços, é relevante a presença de um advogado nessas tratativas com a finalidade de impedir confrontos que possam se transformar em possíveis judicializações.

Por fim, se vê que o condomínio necessita de assessoria jurídica com advogados especializados que, devido atuação corroborada nos moldes acima, comprova sua eficácia para resolver as demandas do cotidiano condominial, podendo auxiliar em outras questões.

Em sequência, abordaremos quais medidas coercitivas são viáveis contra os condôminos inadimplentes.


Assessoria jurídica é uma modalidade de atividade jurídica, privativa do advogado e que tem como característica a atuação preventiva de riscos e identificação de benefícios legais. É muito comum a contratação de advogados para prestarem assessoria jurídica para empresas, com objetivo de buscar soluções com respaldo legal evitando prejuízos para o cliente.